SharePoint

Decreto institui RH Bahia como novo sistema de RH do Estado

Publicado nesta terça-feira, 27 de novembro, no Diário Oficial do Estado o decreto n0 18.727 que institui o RH Bahia como sistema de Recursos Humanos do Poder Executivo Estadual. O documento assinado pelo governador Rui Costa dispõe sobre os produtos e serviços que serão disponibilizados pelo novo sistema, as responsabilidades dos órgãos e entidades que integram a iniciativa, entre outras deliberações essenciais para a implantação do software, que irá automatizar mais de 90% dos processos de Recursos Humanos do Estado.

“O decreto estabelece regras fundamentais para as últimas providências necessárias à transição para o novo sistema, deixando claro os papeis e atribuições de todos os envolvidos na iniciativa”, explica o superintendente de Recursos Humanos do Estado, Adriano Tambone.

Com entrada em operação em todo o Estado definida para 1o de janeiro de 2019, o projeto capitaneado pela Saeb e desenvolvido em parceria com a Prodeb, possibilitará a gestão unificada da administração de Recursos Humanos e da folha de pagamento do Estado, integrando ainda processos como Recrutamento e Seleção, Planejamento Remuneração, Treinamento e Formação, Planejamento de Custos, Aposentadoria e Pensão, entre outros.

Atribuições on-line  – Entre as novidades anunciadas no decreto estão os procedimentos que passarão ser executados on-line por gestores e chefes imediatos de todos os níveis, por meio do Portal de Serviços do RH Bahia (www.rhbahia.ba.gov.br ). Com o novo sistema, as lideranças deverão usar o endereço eletrônico, por exemplo, para validar o quadro de pessoal, acompanhar e efetuar assunção e reassunção dos subordinados, assinar atos, além de gerir e aprovar programação de férias e outros requerimentos realizados pelos servidores, também por meio do Portal.

O decreto de instituição do RH Bahia dispõe ainda sobre o serviço de atendimento de suporte técnico (Service Desk) de autoriza a Saeb e demais órgãos e entidades a desenvolver as ações necessárias para viabilizar a  transição para o novo sistema, no período conhecido como blackout. Nesta fase - imediatamente anterior à entrada em operação do RH Bahia - as equipes de RH ficarão sem o suporte de um sistema informatizado, já que a inclusão de novas ocorrências no antigo Sistema Integrado de Gestão de Recursos Humanos (SIRH) precisará ser bloqueada. A previsão é de que uma portaria seja publicada em breve, com orientações e regras para o período do blackout.​

Fonte: Secom