SharePoint

Governo baiano inicia operação do SAP

Oito empresas públicas e sociedades de economia mista do Estado da Bahia começaram a operar nesta segunda (02.01) o módulo Human Capital Management (HCM) do SAP, um software de gestão mundialmente conhecido. A atividade marca a conclusão da primeira onda de implantação do RH Bahia, um projeto de modernização da gestão de Recursos Humanos capitaneado pela Secretaria de Administração do Estado da Bahia (Saeb) em parceria com a Companhia de Processamento de Dados do Estado da Bahia (Prodeb). Iniciativa pioneira na administração pública nacional, o RH Bahia pretende automatizar mais de 90% dos processos de Recursos Humanos do Estado, praticamente eliminando o uso de papel nos procedimentos da área de gestão de pessoas.

Deflagrado, em janeiro de 2014, o RH Bahia é resultado de investimentos da ordem de R$ 38 milhões, desembolsados para a aquisição do sistema da alemã SAP AG Até pouco tempo, o sistema era utilizado no Brasil principalmente por grandes empresas privadas e de economia mista como a Petrobras. Para que o software pudesse ser adotado pelo governo baiano, foi preciso mobilizar mais de 100 pessoas, entre profissionais do Estado e da empresa contratada Resource. O trabalho envolveu desde o esforço em desenhar, configurar e desenvolver os processos de RH do Estado dentro do SAP até uma bateria de mais de 850 horas de treinamento e oficinas de sensibilização com os usuários, passando pela realização de testes e migração de dados para o novo sistema, entre outras atividades.

"O RH Bahia vai promover uma mudança profunda e irreversível na gestão de recursos humanos do Estado", complementa o superintendente de RH do Estado, Adriano Tambone, ressaltando as transformações culturais que o software também irá produzir, na medida em que a automatização vai permitir liberar as equipes de RH da execução de uma série de atividades operacionais, abrindo espaço para um aprimoramento da gestão de pessoas.

Em outra vertente, o software também irá gerar benefícios para servidores e empregados públicos ativos, inativos e pensionistas, que terão acesso online facilitado a informações, vantagens e benefícios. "O sistema ajuda a reduzir a distância entre o estado e as pessoas, ao propiciar ao trabalhador uma autonomia maior em relação a suas demandas", acrescenta o gestor de negócio do projeto, Wilson Freitas, ao explicar as funcionalidades oferecidas pelo Portal de Serviços (www.rhbahia.ba.gov.br.). Funcionando como um canal de comunicação entre servidores e o Estado, o site permite que os trabalhadores consultem documentos como contracheque e informe de rendimento, além de solicitar virtualmente vantagens e benefícios.

A atual etapa de implantação do RH Bahia atinge 2.800 trabalhadores da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder), Bahiapesca, Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM), Companhia de Engenharia Hídrica e Saneamento da Bahia (CERB), Companhia de Processamento de Dados do Estado da Bahia (Prodeb), Companhia de Transportes da Bahia (CTB) e Empresa Gráfica da Bahia (Egba).  Já a segunda onda de implantação – que será desenvolvida ao longo de 2017 – vai contemplar as demais organizações do Estado, gerando impacto na rotina de cerca de 247 mil empregados públicos e servidores ativos e inativos de 417 municípios do Estado.

Fonte: Ascom/Saeb

Palavras-chave: prodeb, governo, rh bahia, saeb